• Inicio
  • Sobre
  • Contato
  • Anuncie
  • Categorias
  • 20/05/2015

    Crônica: Beijos longos e abraços quentes

    Ela só queria conhecer o Cristo, mas ele preferia a Casa Rosada. No final das contas, os dois apenas queriam estar juntos. Nem que fosse para não fazer nada. 

    Trocavam olhares profundos e mais um suspiro de amor. Um brinde à vida que os apresentou. Do outro lado da linha, as horas passavam devagar, mas rápido o suficiente para se perguntar por que ainda não saíram do lugar. 

    Pode ser que os sonhos estejam sendo alimentados por algo mais leve que o ar, fazendo os pés ficarem longe do chão. Mas acho que está mais para a necessidade de viver tudo intensamente e aproveitar o agora, com preguiça de esperar o depois. Imediatismo, tem disso.

    Ela gosta de azul, ele gosta de vermelho. Os dois se completam pela intensidade de serem diferentes. Beijos longos e abraços quentes.

    Só mais um minuto para continuarem juntos, mais um dia para acordarem de conchinha, se perguntando o que um fez com a cabeça do outro e ser feliz. Quem foi que disse que as coisas precisam fazer sentido?

    Deixe as águas rolarem, pois o que for pra fluir vai acontecer no tempo certo.

    2 comentários:

    1. Amei seu blog linda, suas cronicas encantam a cada palavra. Beijos!

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Estou lisonjeada, muito obrigada pelo carinho <3

        Excluir



    Image Map