• Inicio
  • Sobre
  • Contato
  • Anuncie
  • Categorias
  • 09/06/2015

    Crônica: Desconcertando

    Por mais dias em que não faça sentido o que a cabeça pensa e o que o coração sente. Afinal, não precisa ter sentido mesmo. Num mix de razão e emoção, a gente vai se encontrando, juntando as migalhas do que foi partido para se tornar algo com ainda mais brilho.

    Se depois da chuva vem o Sol, então é para lá que estou indo. Aprendendo a lidar com situações inimagináveis, procurando o caminho para escapar desse mundo pouco real.

    Vai lá garota, tenta sua sorte, siga em frente sem se preocupar com o que está ficando para trás. Deixe o sorriso dominar o seu rosto, sem que ele precise de um motivo, o motivo é você mesma e mais esse dia que nasceu para aproveitar a vida.

    Pode continuar cantarolando. Deixe-se desconcertar para encontrar o verdadeiro eixo. Não costumam dizer que às vezes o avesso é o lado certo? Então! 

    Tudo bem, isso é normal, um milhão de interrogações no meio de um mar de exclamações, gritando aquilo que está guardando a tanto tempo. Será que chegou a hora?

    Que o destino traga o que for pra ficar e leve embora tudo aquilo que restar. Vamos guardar pelos próximos capítulos.

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário



    Image Map