• Inicio
  • Sobre
  • Contato
  • Anuncie
  • Categorias
  • 15/08/2016

    Faça amor, não faça a barba

    Não é promessa, não é para interpretar Jesus, morador de rua ou Papai Noel e, muito menos, falta de Gillette em casa. É gosto, é estilo de vida, é opção.

    Venho pensando sobre isso e percebi que algumas coisas me irritam. Você, mulher que fica criticando homem barbudo, dizendo que está na hora de tirar a barba, que isso e que aquilo, já parou para pensar que homem nenhum fica te enchendo o saco, falando sobre a hora de você cortar seu cabelo, tirar a sobrancelha ou se depilar?

    Grosseria? Mas é verdade. Já imaginou que aquela barba está ali porque a deixaram ficar? Porque a desejaram, a cultivaram. É uma escolha. Aceita que dói menos e vá procurar outra coisa em si mesma para se preocupar.
    Nós mulheres estamos sempre mudando o cabelo, em cores e cortes, e pouco nos importamos com o que os homens vão achar, se eles gostam de cabelos longos ou curtos, coloridos ou ao natural, apenas mudamos porque gostamos sempre de inovar e esse cuidado nos faz sentirmos bem. Mas porque o mesmo não vale para a barba deles?

    Eu demorei um tempo para processar isso. Achava estranho e até um pouco nojento. Mas descobri que só é nojento para quem não cuida e que, nas horas vagas, a barba serve como um ótimo repouso para os dedos.

    Há quem diga que ela transmite virilidade, masculinidade, poder, maturidade... Você pode interpretar como quiser, mas que dão um charme diferente, isso é certeza!

    A barba está a cada dia ganhando o rosto dos homens e encontramos para todos os gostos:
    O mercado, que não é bobo nem nada, vai se aproveitando desse boom para lançar diversos produtos para um cuidado especial com a barba. Olha esse kit que eu achei nas Lojas Renner e dei de presente para o meu pai:
    Voltando ao ponto X desse post, o importante é se sentir bem, com ou sem barba, e que as pessoas ao redor aceitem isso, porque não há nada de errado em ser barbudo! Eu amo o meu barbudinho <3
    E você, tem barba ou namora alguém que tem? Conte aqui nos comentários o que acha disso, se já passou por alguma situação chata por causa da barba ou até mesmo deixe uma dica aqui pra quem se interessar em deixar crescer! Comente também sobre o próximo tema que você gostaria de ler aqui.

    E por último, só pra descontrair:

    Até a próxima!

    *O nome utilizado como título dessa publicação foi inspirado no trabalho realizado pela página Faça amor, não faça a barba, que é um sucesso nas redes sociais desde 2010.

    2 comentários:

    1. Eu adoro barba, mas acho que a pessoa tem usar porque gosta, a barba virou aquele corte Long Bob que foi a última sensação dos cabelos.
      Eu acho que tudo que combina com jeito da pessoa, que ela se sente bem funciona.

      Sua introdução ficou tão fofinha <3

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Exatamente, é estilo de vida, tem que gostar e se sentir bem, não apenas aderir pela moda. Obrigada pelo carinho <3

        Excluir



    Image Map